In Literatura

50% do ano em leituras (ou pondo números em livros)

Tive 3 aulas de Pesquisa Mercadológica na pós-graduação e, no final, eu só queria mais tempo pra poder estudar direito o assunto e conhecer melhor essas técnicas. No trabalho da disciplina, fizemos uma pesquisa e precisamos quantificar opiniões, impressões e gostos das pessoas em relação a uma marca, criar planilhas, montar tabelas e gráficos e explorar algumas possibilidades do Excel. Na hora, eu pensei: E se eu fizesse algo assim pra analisar minhas leituras?

Acho que faltou esse aqui…

Metade do ano já se foi e ainda não cheguei na metade das minhas metas de leitura. Como já falei aqui no comecinho do Desfalk, consegui ler 20 livros em 2016, divididos entre lazer e estudo. Pra esse ano, quis logo chutar o pau da barraca e sugeri a mim mesmo ler 50 livros até o fim do ano. A meta completa você pode ver aqui em Muita meta pra pouco 2017. Até agora, foram 18 livros lidos, como dá pra ver nesse gráfico aqui:

Da meta de 50, ficam faltando 32 que, dividindo durante os meses restantes, seriam pouco mais de 5 livros por mês (tô usando calculadora, então pode confiar). Difícil pra mim, que tenho uma média de leitura de 3 livros por mês, mas nada que seja impossível, né? O negócio é dinamizar mais os gêneros que dá certo. Então, vamos listar os livros já lidos:

Janeiro

Fantastic Beasts and Where to Find Them – The Original Screeplay; Androides sonham com ovelhas elétricas?; O Prisioneiro do Céu; Jornalismo Freelance: Empreendedorismo na comunicação; Harry Potter and the Chamber of Secrets (Illustrated).

Fevereiro

Harry Potter and the Prisoner of Azkaban; Millennium 3 – A Rainha do Castelo de Ar.

Março

As Brumas de Avalon – A Senhora da Magia.

Abril

A Noiva Fantasma; Lágrimas na Chuva; Harry Potter and the Goblet of Fire; Hogwarts – An incomplete and unreliable guide.

Maio

The Kiss of Deception; Abominação; Fisheye.

Junho

A Guerra Que Salvou a Minha Vida; Coração Satânico; A Guerra Não tem Rosto de Mulher.

Impossível ler um só!

Desses livros aí, dá pra tirar algumas informações bem interessantes de como têm sido essas leituras até agora. A primeira delas, provavelmente a mais importante, é que eu tenho lido bem mais mulheres que homens. Influência do projeto da Iara Picolo, o Mulheres Para Ler? Não sei, talvez, bem provável, né?! Tirei os nomes repetidos (afinal, tenho relido Harry Potter, com 1 livro por mês), e ficou da seguinte forma:

Se fico feliz com isso? Com certeza! Isso mostra que tô saindo da zona de conforto, indo atrás de indicações, confiando nessas indicações e, pra ser sincero, não tenho me arrependido. Por menos que eu tenha gostado de uma ou outra leitura, não tem como negar que meu repertório de escritoras mulheres têm aumentado bastante. Mas aí, de onde vem esse povo?

Dá pra ver que ando bem preso nos livros mainstream, né? O único livro de autor asiático que li foi A Noiva Fantasma, e a Yangsze Choo, por mais referências chinesas e malaias que traga no livro, é radicada nos Estados Unidos… Andei lendo também As Boas Mulheres da China, da Xinran, mas é uma leitura extremamente carregada e densa. Há 3 meses que venho lendo em ebook bem aos pouquinhos. Como não terminei, preferi não contar com ele. De toda forma, se for botar essas leituras que fiz no mapa, não dá nem pra visualizar direito.

Poderia tá mais colorido, né? Vamos ver como fica até o fim do ano. Acho que a pouca variedade se deve também à minha tentativa de terminar as séries que vinha lendo, dar continuidade às que estavam pela metade e concluir as que estavam no fim. Desse jeito, a variedade acaba não sendo mesmo muito grande. Ao todo, foram 8 livros de séries, 9 livros únicos e 1 indefinido (esse é o roteiro de Animais Fantásticos, não sei se os outros filmes também terão roteiros lançados).

***

Essa aqui foi uma tentativa de mostrar que ler não é só coisa de “gente de humanas“, e que a gente pode fazer coisinhas assim, usar de gráficos e dados pra dar informação de coisas totalmente subjetivas. Todo esse material aqui eu fiz com base numa planilha de leituras que a Bruna Miranda criou (aquela que tem um canal no Youtube). Ela tem uma newsletter que você assina e recebe na hora essa planilha do Docs. Aí você faz sua cópia e preenche com as suas leituras! Pra assinar a newsletter da Bruna, clique aqui.

No grupo do Livrada no Facebook, tive acesso a uma planilha com TODOS os livros dos desafios de leitura da Rory Gilmore, os 100 melhores nacionais e os 100 internacionais da Bravo, 1001 livros pra ler e O Livro da Literatura. Essa planilha tá neste link e tem as minhas marcações do que tenho e do que já li. Você pode fazer sua cópia e marcar os seus também!

Significa que…

Beleza. Fiz esses gráficos e tudo mais, mas qual o intuito? A reflexão aqui, dessa vez, é bem mais pessoal mesmo. Tô lendo mais mulheres, tô fechando algumas séries e começando novas. Tô conseguindo, aos poucos, me aventurar em gêneros fora da minha zona de conforto e cumprindo minhas 2 principais metas: de ler J.K. Rowling todo mês e conhecer mais obras de ficção científica.

Os resultados são poucos. Eu acho 18 livros uma quantidade razoável, mas não chega a ser tão bom. Tô às beiras de bater a quantidade de livros lidos em 2016, mas eu quero mais, preciso de mais. Óbvio que, no meio disso, a vida acontece e tenho que acompanhar meus limites. Admiro demais a galera que faz maratona literária ou como a Andressa, minha amiga do Coadjuvando, que já leu 52 livros e bateu a meta do ano todo!

Pra quem busca dicas (e essa vale a mim como conselho também), o negócio, acima de qualquer meta, é ter foco, priorizar a leitura como lazer individual e reservar uma horinha por dia pra leitura. O rendimento no fim da semana acaba sendo extremamente positivo. Imagina no fim do mês? E no fim do ano, meu povo?! Vai dar certo, já tá dando!

Compartilhe:

, , ,

8 Responses to 50% do ano em leituras (ou pondo números em livros)

  1. Geminiano, agora os gráficos fazem sentido! hahahaha (brincadeira)
    Cara, que loucura hein, não sei o que seria mais difícil pra mim, elaborar esses gráficos ou ler 50 livros. Acho que é uma meta bem grande, eu estabeleci uma de ler pelo menos uns 2 livros por mês esse ano, confesso que fracassei, só li 5 este ano e fiquei uns 2 meses sem ler nenhum.
    sinta-se orgulho pelos seus 18.
    http://izcordeiro.com.br/

    • Falkner disse:

      A loucura da organização tá nos meus astros sim kkkkk o problema é só a coisa das distrações… Me distraio fácil demais, mesmo querendo fazer da leitura meu hobby principal. Tô na fé de que chego pelo menos nos 40! 😀

  2. Ludi disse:

    Achei uma ótima ideia os gráficos!
    Dá pra ter uma boa noção de como tem sido até então, e de maneira visual, é muito mais interessante de analisar.

    Mas, realmente, 50 livros é uma meta “chutei o balde!”.
    Faz anos que não consigo ter um número bom de leituras.
    Mas vai que vai o/

    *:
    https://pseudoaleatoriedade.wordpress.com/

    • Falkner disse:

      Isso mesmo Ludi, fica ótimo de perceber o que tá sendo lido ao longo do tempo. Queria fazer outros, mas não ficaram bons com “poucos” livros… Quem sabe chego pelo menos aos 40 né? Hahaha <3

  3. Gostei demais! Adoro tabelas. Sou o louco das tabelas.

  4. 18 livros é um bom número! Continue a nadar que você vai chegar lá! =D

Deixe uma resposta